quinta-feira, 18 de abril de 2013

Calvinismo? Por quê?


Alguns de nossos irmãos arminianos, ao conhecerem nossa crença teológica, nos julgam por arrogantes ou orgulhosos. "Mas é claro que você deveria ser um eleito, não é?", dizem eles. Mal sabem que justamente conhecendo o quão vil somos, é que podemos afirmar: não há nada em nós para que tenhamos sido salvos!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Permissões do blog e discussão sobre direitos autorais

Se você é observador, percebeu que no canto inferior direito do blog pode-se ler a seguinte mensagem:

Todo o material autoral deste blog está disponível para reprodução e distribuição em qualquer formato, desde que se informe o autor e o endereço do original, não altere seu conteúdo e não o utilize para fins comerciais.
Licença Creative Commons

Isso significa que todo o material escrito por mim, está disponível para compartilhamento em qualquer formato, desde se informe o autor e o endereço do original, não altere seu conteúdo e não o utilize para fins comerciais.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O que é uma pregação expositiva e por que um pastor deve pregar desta forma?


Já há algum tempo me pergunto quem concedeu aos pregadores uma espécie de Infalibilidade ex cathedra. Parece-me que muitos que se ocupam do ofício de pregar acreditam que as Sagradas Escrituras são como um saco de retalhos, cuja beleza da Coxa por eles feita, está nas mãos do costureiro. Comportam-se como se a eficácia de um sermão estivesse na retórica do pregador e de que sua infalibilidade estivesse associada ao grau de intelecto do discursista, ou pior, ao seu cargo eclesiástico ou à sua fama junto à comunidade evangélica.

A respeito deste assunto, compartilho o texto abaixo do ministério 9Marks, veiculado pelo site Voltemos Ao Evangelho: "O que é um sermão 'expositivo'?"

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Somos chamados para juntos alcançar aos outros - Filipenses 1:12-30



Este estudo é muito especial pra mim.
A exemplo dos outros, tenho plena convicção de que as palavras nele escritas são fruto da ação do Espírito Santo. No entanto, este estudo é fruto de uma súplica mais fervorosa. Ao sentar-me para prepará-lo, não me sentia preparado para fazê-lo. Orei ao Senhor e ele me respondeu com estas palavras, com este texto da bíblia e com o maravilhoso exemplo do apóstolo Paulo.

As misericórdias do Senhor

"As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim" Lamentações 3:22
 
Bom é saber que o Senhor todo dia restaura o nosso ser para uma obra que é tão grande. Se somos vis pecadores, Ele é poderoso em restaurar e misericordioso para com o seus eleitos.

domingo, 7 de abril de 2013

Somos levados a amar a família de Deus - Romanos 12

Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um. (v.3)

Paulo, nos versículos 1 e 2 deste capítulo, discorre a cerca da importante relação do indivíduo consigo mesmo, levado, pelas misericórdias do Senhor, a sacrificar-se. O versículo 3, entretanto, nos mostra que não se deve pensar de si mesmo mais do que o devido, levando a santidade obtida por meio da avaliação individual, para o exercício da comunidade .

A fé que nos tira do porto seguro - Gênesis 11:27-12:9



Neste texto, novas personagens nos são apresentadas: Terá, o patriarca da família; Abrão, filho de Terá; Sarai, esposa de Abrão e Ló, sobrinho de Abrão.

Abrão, o filho, que aqui pela primeira vez aparece como personagem (embora seja citado em uma genealogia versículos antes), tomará fundamental papel na leitura de Gênesis: pai de uma nação.

Viventes de Ur dos Caldeus, esta família habitava um centro rico, populoso e desenvolvido na região sul da Mesopotâmia. Ur era um centro de culto pagão a Nanna, o deus-lua. O nome da cidade, Urim em sumério, significa a morada de Nanna. Ali se encontrava um grande zigurate.

Em Josué 24:2 as escrituras nos dizem que Terá adorava a outros deuses.

Avivamento - Atos 8:26-40


Ao falar de avivamento, as nossas mentes rapidamente são remetidas a uma ideia de moveres enormes ditos do Espírito Santo. No entanto, o verbo avivar, segundo o dicionário Priberam, significa: “Dar vivacidade a, tornar mais vivo, fazer reviver”.